Resenhas:

Resenha: A Garota no Trem - Paula Hawkins

Sobre o livro: Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida.
Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. 
Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota no trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.





O livro conta a história de Rachel, uma mulher que todo dia pega o trem no mesmo horário e quando o trem para,ela aproveita para admirar a vida do jovem casal que mora na casa 15.Surge aí uma obsessão: Todos os dias Rachel imagina a vida perfeita que Jess e Jason, como ela os chama, leva. Um dia, em mais uma de suas viagens de trem, ela vê algo que a impressiona e dias depois ela vê nos jornais que Jess, que na verdade se chama Megan, desaparece misteriosamente.
Rachel, que não consegue se manter alheia, começa sua própria investigação, sem saber até que ponto sua vida corre perigo.
O livro é narrado por 3 personagens: Rachel, que é a protagonista da história, Anna, atual mulher do ex-marido de Rachel e Megan, a mulher desaparecida.
Por ser contada por três personagens diferentes, não segue uma ordem cronológica e isso te faz entrar em um espiral,como se todas elas quisessem te mostrar suas versões para os fatos. Sério, é impossível parar de ler. 
A autora nos traz um texto bem escrito, fluído  e intenso. O suspense se mantem até quase no fim e o desfecho não foi surpreendente, mas foi coeso
É interessante como a autora aborda outros temas tão discutidos atualmente, como alcoolismo,depressão e relacionamentos abusivos.
O que não gostei é quanto o livro é deprimido.  Rachel, que sofre de depressão,usa a bebida como válvula de escape e por beber acabou perdendo tudo que era importante. Acabou se tornando uma mulher frustrada e sem perspectiva que acaba achando consolo em imaginar a vida dos outros. 
É irritante ver o quanto ela está no fundo do poço e mesmo sabendo disso, arruma desculpas para sua falta de vontade de viver. 
Os outros personagens não são diferentes, conforme vamos conhecendo-os,vemos que não há muito o que gostar: Todos tem problema de falta de caráter.
Apesar de ser um fenômeno mundial, apenas gostei do livro, não o amei.



CLASSIFICAÇÃO: 04 ESTRELAS




Título: A Garota no Trem
Título Original: The Girl on the Train
Autor: Paula Hawkins
Editora: Record
Páginas: 378
Ano: 2015
Tradutor: Simone Campos 
Gênero: Suspense

Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos
Saiba mais: Skoob
Onde Comprar: Submarino // Extra // Americanas//Amazon//Saraiva//Cultura 
//Martins Fontes



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu!
Deixe seu comentário e não esqueça de deixar o endereço de seu blog, para que eu possa dar uma espiadinha!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...