Resenhas:

Saiu a capa de Magnus Chase e os Deuses de Asgard: O Martelo de Thor



Oii gente!
Saiu a capa da continuação de Magnus Chase e os Deuses de Asgard!Venha conferir!



Para você, que assim como eu é fã dos livros do titio Rick, já deve conhecer a sua última série: Magnus Chase e os Deuses de Asgard.
Para quem não conhece, o primeiro livro conta a história de Magnus Chase, um jovem que após a morte da mãe passa a viver nas ruas de Boston, até o dia de seu aniversário, quando é procurado por Randolph, um homem considerado perigoso por sua mãe e  que revela que ele é filho de um Deus Nórdico. A partir daí ,ele precisa cumprir uma missão para salvar o planeta do Ragnarok, ou seja, o juízo final.  Além dessa história incrível, ainda tem um fator sensacional Magnus é primo de ninguém menos que nossa amada Anabeth.

O segundo livro desta série se chamará O Matelo de Thor e será lançado dia 04 de outubro!

Confira a capa e a sinopse:



O martelo de Thor novamente se perdeu. O deus trovão tem o péssimo hábito de guardar em lugares errados sua arma – a força mais poderosa em Nove Mundos. Mas, dessa vez, o martelo não está apenas perdido, ele caiu em mãos inimigas.Se Magnus Chase e seus amigos não conseguirem recuperar o martelo logo, os mundos mortais ficarão sem defesa contra um ataque violento de gigantes. Ragnarok começará. Os Nove Mundos queimarão. Infelizmente, a única pessoa que pode fazer um trato para o retorno do martelo, é o pior inimigo dos deuses, Loki – e o preço é muito alto.

Rick também deu uma estrevista no site EW, sobre essa nova série. Olha só o que ele disse:

01- Esta série parece tratar especificamente de artefatos especiais da mitologia nórdica: em primeiro lugar a espada do verão, agora o martelo de Thor. Qual é o significado disso?

 Eu sempre tento ir onde os mitos me levam. A mitologia nórdica, ainda mais do que a grega, é muito focada em “quem roubou minhas coisas?” Um dos exemplos mais famosos é a história de como o martelo de Thor foi roubado, e o que ele tinha que fazer para obtê-lo de volta. Esse mito serve como um arco geral da história para a segunda aventura Magnus. Os Vikings levavam suas armas muito a sério, o que é compreensível, já que as suas vidas, literalmente, dependem da qualidade de seus braços. Uma boa arma teria um nome, e estaria relacioanada com os espíritos dos antepassados ​​ou inimigos derrotados. Diante disso, não é nenhuma surpresa que o pior pesadelo de um Viking seria acordar e descobrir que seu martelo, ou a espada ou arco favorito tinha sido roubado por algum inimigo travesso.

02- Magnus certamente parece mais confortável no início deste livro. Como é que a sua situação mudou, física e mentalmente, desde a Espada de Verão?

Cerca de seis semanas se passaram desde A Espada de Verão, dando a Magnus uma chance de se resolver em Valhalla e se acostumar com seus novos poderes como um dos guerreiros escolhidos de Odin. Ele está mais confortável com sua nova vida, mas ao mesmo tempo há um sentimento latente de que problemas maiores estão vindo em sua direção. Loki ainda está tramando, Ragnarok, eventualmente, ainda virá, e dois dos melhores amigos de Magnus não entram em contato com ele há semanas. É uma coisa boa Magnus está evoluindo, se tornando mais poderoso como um einherji, porque ele vai precisar de todos os seus novos poderes para o que vem a seguir


.
03- É mais difícil explicar conceitos nórdicos do que quando se trabalha com mitos gregos (que parecem ser um pouco mais familiar) ?
É pedir um pouco demais esperar que os leitores acompanhem uma aventura nódica, sim. Essas histórias não são tão conhecidas com exceção das versões distorcidas (embora agradáveis) da Marvel. Mas, novamente, quando escrevi pela primeira vez “O Ladrão de Raios” muitas pessoas me perguntaram se isso era um desafio, porque tão poucos leitores estavam familiarizados com esses mitos. Agora parece que os leitores estão bastante familiarizados! Eu fui agradavelmente surpreendido pelo fato de como muitos fãs de Percy Jackson também estão bastante interessados em seguir Magnus em suas aventuras. Eu apenas tento fazer as histórias antigas como sendo algo divertido e acessível o máximo possível em um ambiente moderno, mantendo-se fiel à estrutura básica e os personagens dos mitos, e espero que os leitores explorarem esse mundo comigo.

Além desta série, Rick trabalha em outra série envolvendo nosso querido Percy Jackson. O primeiro livro se chama O Oráculo Perdido e tem previsão de lançamento aqui no Brasil ainda para este semestre. Nos EUA, o lançamento será em 03/05.
Mais informações sobre esta série, clique AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu!
Deixe seu comentário e não esqueça de deixar o endereço de seu blog, para que eu possa dar uma espiadinha!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...