Resenhas:

Resenha de A garota que você deixou para trás - Jojo Moyes


Oiii gentee!

Finalmente terminei minha resenha sobre o livro 'A Garota que você deixou para trás', da Jojo Moyes.
Venham ler!



SOBRE O LIVRO: Durante a Primeira Guerra Mundial, o jovem pintor francês Édouard Lefèvre é obrigado a se separar de sua esposa, Sophie, para lutar no front. Vivendo com os irmãos e os sobrinhos em sua pequena cidade natal, agora ocupada pelos soldados alemães, Sophie apega-se às lembranças do marido admirando um retrato seu pintado por Édouard. Quando o quadro chama a atenção do novo comandante alemão, Sophie arrisca tudo a família, a reputação e a vida na esperança de rever Édouard, agora prisioneiro de guerra. Quase um século depois, na Londres dos anos 2000, a jovem viúva Liv Halston mora sozinha numa moderna casa com paredes de vidro. Ocupando lugar de destaque, um retrato de uma bela jovem, presente do seu marido pouco antes de sua morte prematura, a mantém ligada ao passado. Quando Liv finalmente parece disposta a voltar à vida, um encontro inesperado vai revelar o verdadeiro valor daquela pintura e sua tumultuada trajetória. Ao mergulhar na história da garota do quadro, Liv vê, mais uma vez, sua própria vida virar de cabeça para baixo. Tecido com habilidade, A garota que você deixou para trás alterna momentos tristes e alegres, sem descuidar dos meandros das grandes histórias de amor e da delicadeza dos finais felizes.


O livro é dividido em duas partes: a primeira é narrada em primeira pessoa por Sophie,uma jovem que vivia em Paris com seu marido Edouard Lefréve, um pintor que inúmeras vezes a usava como modelo. Com a chegada da Primeira Guerra Mundial e a invasão alemã na França, Sophie perde a sua vida anterior e seu marido que vira um combatente. Sophie abandona a boêmia parisiense e volta a morar com seus irmãos e sobrinhos em um vilarejo do interior, onde ela e sua irmã tentam levar o Le Coq Rouge, anteriormente um hotel luxuoso, agora um bar que mal consegue servir café  aos frequentadores.
Sua única fonte de alegria é a esperança que sente ao olhar para o quadro e se lembrar de seu querido Edouárd.
As coisas se complicam quando o novo Kommandant alemão se interessa pelo quadro de Sophie e escolhe o Le Coq Rouge como o lugar que vai cozinhar para os soldados alemães.Subnutrida, deprimida e passando frio, Sophie cria uma antipatia imensa pelos alemães, ao passo que o Kommandat tem um grande interesse em manter um ambiente pacífico entre eles. O mais improvável acontece: Surge senão uma amizade, um coleguismo entre o Kommandant e Sophie.Quando ela descobre que seu amado marido virou um prisioneiro de guerra, Sophie usa desta proximidade entre eles para pedir que seu marido seja solto. Assim, Sophie embarca em uma arriscada viagem que ela não sabe onde exatamente onde dará.

Sophie consegue nos manter atenta a história, com sua astúcia e perspicácia. Jojo trabalhou muito bem a personagem, tornando-a carismática e interessante. Já a segunda parte não consegue manter o mesmo impacto. Liv, apesar de simpática não causa empatia. Ela é uma viúva de 30 anos, que mora em uma casa minimalista feita por seu marido que morreu jovem. A única coisa colorida que há no é o quadro que eles chamam de A Garota que você deixou para trás, presente dado por seu marido.
Após a morte do marido Liv perde a vontade de viver. Se torna uma pessoa solitária e camurra. Até o dia que decide ir para um bar gay, onde conhece um homem com a qual acaba se envolvendo. O problema é que ele também representa a família Lefréve, que agora quer a restituição do quadro A Garota que você deixou para trás. Cabe a Liv ir em busca da verdade para manter a posse do quadro e saber a verdade por trás de Sophie.

Diferente da primeira parte, esta foi difícil acompanhar. Liv é uma mulher cansativa, sem perspectiva e as brigas no tribunal são enfadonhas. Como as duas partes se unem durante o livro, ainda vale a pena ler para saber o que realmente aconteceu com Sophie.

No mais é um livro que gostei, mas não amei.Tive dificuldades em dar seguimento na leitura da segunda parte, porque é um tanto cansativa.  Liv não consegue prender a atenção, é uma personagem fraca, não passa emoção. 

A história não me arrebatou, no entanto, vale a pena ler apenas porque o final é incrível.

AVALIAÇÃO:






Título: A garota que você deixou para trás 
Título Original: The girl you left behind
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca 
Páginas: 384
Ano: 2014
Tradutor: Adalgisa Campos da Silva 
Gênero: Romance
Saiba mais: Skoob
Onde Comprar Livros: 

Onde Comprar e-Books:

Gostou da resenha?Deixe seu comentário!
Não esqueça de seguir o blog!
Beijão e tchau,tchau!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu!
Deixe seu comentário e não esqueça de deixar o endereço de seu blog, para que eu possa dar uma espiadinha!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...