Resenhas:

Resenha Grey - E.L. James


Oiiii gente! Como vocês estão?
Trago para vocês a resenha de Grey, a visão de Christina dos acontecimentos de Cinquenta Tons de Cinza.
Vamos lá!



SOBRE O LIVRO:  Na voz de Christian, e através de seus pensamentos, reflexões e sonhos, E L James oferece uma nova perspectiva da história de amor que dominou milhares de leitores ao redor do mundo.

Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido.

Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece?


Grey é o Spin-off da trilogia Cinquenta Tons de Cinza. Através da visão dele, conhecemos sua história com a Anastasia .
Diferente de Cinquenta Tons de Cinza em que há uma visão mais romântica (e muita chatice de Deusa interior), neste a visão é bem mais sexual.
Infelizmente, diferente do que esperava, a história é quase uma cópia de Cinquenta Tons. A autora teve a oportunidade de escrever um livro mais adulto, uma vez que Christian é sem sombra de dúvidas um personagem mais maduro e melhor trabalhado que Anastasia.
Esperava que ela trabalhasse a infância, os pesadelos e até a versão deturpada que ele tem de si mesmo. No entanto, creio que para não decepcionar os fãs, ela apenas copiou o que já havia dito, tornado o livro um tanto cansativo.
Interessante ver a visão deturpada que o Christian tem de si mesmo, como se ele tivesse, de alguma forma, sido responsável pelo que aconteceu com sua mãe. Ao mesmo tempo nos aprofundamos em sua vida e todos os traumas que lhe ocorreram na infância, o que justifica seu comportamento, seu medo de relacionamento, os pesadelos, o fato de não querer ser tocado.
Os dois se conhecem quando Ana, para fazer um favor a sua amiga Kate, vai na empresa de Christian para entrevista-lo e a partir daí rola uma química quase palpável entre eles. Christian, sabe da ingenuidade de Ana, mas se vê tão envolvido que não consegue deixa-la. Ana por sua vez sabe que corre um risco ao se envolver com Christian, mas se envolve cada vez mais.
Como os primeiros livros, a história é bem escrita e de fácil leitura, além dos personagens serem carismáticos (mesmo a Ana sendo chata).
É uma história para fãs: Se espera alguma novidade, se decepcionará. A autora cumpre o proposto, nos dar um pouco mais de Christian, e Christian nunca é demais, não é mesmo?


CLASSIFICAÇÃO:  

Título: Grey: Cinquenta Tons de Cinza Pelos Olhos de Christian
Título Original: Grey: Fifty Shades of Grey as Told by Christian
Autor: E.L, James
Editora: Intrínseca 
Páginas: 528
Ano: 2015
Tradutor: Adalgisa Campos Silva
Gênero: Erótico; Romance
Saiba mais: Skoob
Onde Comprar Livros: 

Onde Comprar e-Books:





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esse espaço é seu!
Deixe seu comentário e não esqueça de deixar o endereço de seu blog, para que eu possa dar uma espiadinha!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...